cor.assinatura.png
Padronagem.png

Microfisioterapia

 

A Microfisioterapia é uma técnica de terapia manual criada na década de 1980 pelos fisioterapeutas e osteopatas franceses Patrice Benine e Daniel Grosjean, que consiste em identificar a causa primária de uma doença ou sintoma e estimular a auto-cura do organismo, para que o corpo reconheça o agressor e inicie o processo de eliminação.

 

Baseada no desenvolvimento do embrião, ou seja, dos tecidos que formam um novo ser, e no desenvolvimento do sistema nervoso deste, a Microfisioterapia tem o suporte da Epigenética, que já comprova que o ambiente e estados emocionais alterados podem afetar a atividade celular e, consequentemente desencadear sintomas físicos, mentais e comportamentais, influenciando mais até mesmo que o próprio genoma, quando se trata em surgimento de doenças.

 

Todo ser vivo é capaz de adaptar-se, defender-se e se corrigir de eventos agressores, como acidentes, dores, perdas, viroses, resfriados, enfim, agressões físicas e/ou emocionais, mas quando essas agressões ultrapassam a capacidade de defesa do organismo, a vitalidade do corpo é alterada e surge a doença.


A terapia busca saber qual é a causa do desequilíbrio ou doença e em que fase da vida ocorreu, através de micro palpações, para que a pessoa possa assimilar e eliminar o trauma ou agressor responsável pela origem dos sintomas, que pode ser tóxico, físico ou emocional. É preciso então identificar porque o corpo está escolhendo este caminho e, quando entendemos realmente o que está acontecendo (qual a causa?), temos mais chance de caminhar para a cura.


O objetivo da Microfisioterapia é desencadear mecanismos de autocorreção para eliminar a memória celular dos traumas físicos, psíquicos e tóxicos que ficam registrados no organismo.

Sob o aspecto de tratamento, você deve procurar a Microfisioterapia quando perceber que algum órgão não está funcionando bem (constipação intestinal, enxaqueca, TPM, etc.), quando apresentar algum tipo de dor (lombalgia, ciatalgia, tendinite, etc.) e/ou quando apresentar instabilidade emocional (ansiedade, depressão, angústia, tristeza, etc.).

 

Vale salientar que esta é uma técnica também de prevenção e promoção de saúde, portanto, caso você se encontre numa condição onde não tenha a "sensação de bem - estar", você apresentará indicação para a técnica, pois este é um indício que o organismo não está equilibrado. 

 

Experimente! E sinta os benefícios!

 

Hipnose e terapia

 

A hipnoterapia é uma forma de terapia que recorre a um estado de consciência diferente, onde exercícios de restruturação/ressignificação da história pessoal ou espiritual do indivíduo podem ser realizados.

 

É uma intervenção terapêutica breve que não necessita da instalação de estados profundos de transe. Sendo mesmo - em muitos casos - preferível trabalhar com estados leves ou médios de transe e de relaxamento.

 

É uma terapia complementar que explora o poder da hipnose, para instalar sugestões positivas em sua mente inconsciente a partir de técnicas de hipnose.
Com as sugestões corretas, é possível alterar:

 

  • A maneira como você pensa
  • A maneira como você se sente
  • A maneira como você se comporta

 

E é por isso que a hipnoterapia é uma ferramenta tão poderosa para promover mudanças na prática clínica.
Porque se você pode mudar seus pensamentos, seus sentimentos e seu comportamento – você pode mover montanhas.
Você pode superar qualquer obstáculo.
Você pode resolver coisas que antes pareciam impossíveis.

Além disso, quando usado por um profissional certificado, a hipnoterapia pode ajudar em muitas situações.

A Hipnoterapia atinge o interior de todos os problemas. Ela ignora a sua mente consciente (crítica) e assim é possível comunicar diretamente com seu inconsciente. Ela muda seus pensamentos, sentimentos e comportamentos de dentro para fora. A hipnose terapêutica pode abordar a raiz do seu problema – não apenas os sintomas – e lida com eles.

 

Padronagem.png

Hipnose e terapia

 

A hipnoterapia é uma forma de terapia que recorre a um estado de consciência diferente, onde exercícios de restruturação/ressignificação da história pessoal ou espiritual do indivíduo podem ser realizados.

 

É uma intervenção terapêutica breve que não necessita da instalação de estados profundos de transe. Sendo mesmo - em muitos casos - preferível trabalhar com estados leves ou médios de transe e de relaxamento.

 

É uma terapia complementar que explora o poder da hipnose, para instalar sugestões positivas em sua mente inconsciente a partir de técnicas de hipnose.
Com as sugestões corretas, é possível alterar:

 

  • A maneira como você pensa
  • A maneira como você se sente
  • A maneira como você se comporta

 

E é por isso que a hipnoterapia é uma ferramenta tão poderosa para promover mudanças na prática clínica.
Porque se você pode mudar seus pensamentos, seus sentimentos e seu comportamento – você pode mover montanhas.
Você pode superar qualquer obstáculo.
Você pode resolver coisas que antes pareciam impossíveis.

Além disso, quando usado por um profissional certificado, a hipnoterapia pode ajudar em muitas situações.

A Hipnoterapia atinge o interior de todos os problemas. Ela ignora a sua mente consciente (crítica) e assim é possível comunicar diretamente com seu inconsciente. Ela muda seus pensamentos, sentimentos e comportamentos de dentro para fora. A hipnose terapêutica pode abordar a raiz do seu problema – não apenas os sintomas – e lida com eles.

Padronagem.png
erika.jpg

Erika Almeida

 

Fisioterapeuta

CREFITO 82133F 

 

-Graduada em Fisioterapia (Faculdade Dom Bosco, Curitiba/PR)

-Especialista em Fisioterapia Traumato-Ortpédica e Desportiva (UTP, Curitiba/PR)

-Especialista em RPG Souchard -Formação e capacitação em Microfisioterapia, Dry Needling (Agulhamento Seco), Terapia Manual e Saúde Integrativa

 

Padronagem.png